top of page

Re-vivendo na Saudade

Tenho saudades de voltar a ser criança novamente para...


Brincar no quintal daquela casa da infância, sentindo o contato quente e firme da terra sob meus pés descalços...

Ter raladuras nos joelhos ao cair, com as brincadeiras da época...

Brincar de casinha com minha coleção de bonecas, que ganhava no Natal ou aniversário...

Dançar quadrilha nas festas de São João, comendo aqueles quitutes típicos da época

preparados com amor pela tia que partilhava nossa casa...

Comer, toda tarde, o lanchinho preparado pela ajudante da casa – papa de maisena ou bananas fritas com queijo derretido por cima, salpicado com açúcar e canela...

Brincar com meus irmãos e minha mãe no quintal daquela casa enorme em que

morávamos...

Esperar meu pai chegar em casa do trabalho com aquelas empadinhas quentes e gostosas.



 


Tenho saudades de voltar a ser jovem novamente para...


Gravar em fitas K-7 as músicas prediletas que tocavam no rádio, para eu poder tirar de ouvido no meu acordeão, ao voltar da escola...

Comprar aqueles doces maravilhosos daquela loja famosa de minha terrinha...

Sonhar com o príncipe encantado que um dia viria me resgatar em casa...

Ser livre para errar, sabendo ter tempo adiante para corrigir os erros inadvertidamente cometidos.

 

Tenho saudades...


Da jovem séria que um dia fui, cheia de sonhos românticos na cabeça, querendo crescer logo e ter uma vida diferente da que vivia...

Da jovem que não cheguei a ser e poderia ter sido, se não fosse tão séria e sonhadora...

Da jovem que teve alguns de seus sonhos realizados.

Da mulher madura que queria olhar para trás e ter tido uma vida realizada.

Da mulher madura que um dia sonhou em ser completa.

De minha capacidade para sonhar, que a vida quase enterrou por completo, com os desafios do dia-a-dia.

 

 

Ter saudades significa reviver aspectos marcantes de toda uma vida.


Relembra-nos que estamos vivos para perseguir os sonhos não vividos, mesmo que a realidade seja dura.


Enquanto a saudade existir, resta-nos a esperança.

 



(ref. imagens: freepik, wix GIF)


Gattorno Giaquinto

#30: Saudade

Recent Posts

See All
bottom of page