top of page
AD.png

O Mapa - Conto 1 - Parte 5



Uma chuva fina começou a cair e conseguia escutar os trovões a distância. Uma tempestade estava se formando em cima de nossa cabeças. Puella me olhava com uma expressão de incredulidade e conseguia agora sentir empatia por ela.


   - Sei que está confusa e se sente obrigada a estar numa situação da qual nem mesmo compreende. Te digo que em breve estará livre para retornar para sua vida no convento. – Calmamente caminhei até eles. – Recebemos uma transferência missionária. É por isso que nossos hábitos trocaram de cor.

Caliptus nos transmitiu através de suas habilidades todo o conhecimento que adquiriu através do tempo que esteve na busca pelo mapa.


   - Sinto-me conectada a vocês dois de uma maneira estranha. Como se cada humor emanando de vocês fosse um som diferente.


   - Isso é a ampliação de minha habilidade de alma. – Columba olhava para as próprias mãos. – Está nos mantendo conectados em um nível profundo.

   - Por que Gaudium faria uma coisa dessas? Digo...Caliptus. – O nome saiu como uma ofensa da boca dela.

     - Tudo isso é maior do que nós mesmos só agora consigo ver. - Olhei pra a Torre da Luz e continuei. - Se o conhecimento do mapa for libertado os meus amados nos clãs de liberdade espalhados pelas vias poderão finalmente ser legitimados como nômades pacificos, a Lei dos 7 não teria mais que caça-los como criminosos extra-planares por que seria de conhecimentos geral por onde viajar. A própria Lei estaria sem as amarras de vigiar constantemete as viagens interplanares e com as mãos desamarradas de tal obrigação seus olhos se voltariam para a verdadeira guerra contra a escuridão caótica que avança. Finalmente a Ordem da Luz não estaria mais isolada em IN LUX e todos vendo que o conhecimento veio dela confiariam mais no propósito de levar luz e ordem a todos os planos.

   - Tudo isso não será tão simples assim Aer. A Lei achará uma maneira de transformar esse conhecimento em vantagem. Sei como eles funcionam.

   - Columba...já está a tanto tempo lutando e ainda não entende o porquê. -  Os envolvi em um plano mental. Mostraria ali tudo o que recebi de Caliptus.


      ''A posse do mapa pela Ordem da Luz aconteceu na vitória do final da guerra contra o Grande Clã. Com os membros do clã derrotados e espalhados em esconderijos pelas vias de acesso todo o conhecimento que obtiveram enquanto viveram lá visitando os outros planos era pesado demais para ser carregado e uma traição no momento final foi golpe fatal para eles que perderem o mapa para a ordem. Foram criados os guardiões sacerdotes para protegerem esse conhecimento, mas um deles deixou a ordem e casou-se com a filha de uma poderosa família no longínquo plano de Terriare. Foi quando a ordem percebeu que o lendário mapa tinha sumido e secretamente começou a se infiltrar em Terriare para buscar por esse conhecimento perdido.


   Em uma dessas missões Caliptus foi enviado junto com Caeru e Cinerae, suas irmãs sacerdotisas, para obterem esse conhecimento. Caliptus era jovem, recém ordenado cavaleiro sacerdote e era tido como o melhor candidato para tal missão pelo seu calmo temperamento e habilidades de escudo mental. Ele nunca antes tinha saído do plano de existência de IN LUX e estava ao mesmo tempo entusiasmado e amedrontado com a ideia de viagem extra planar. Por ser quieto sempre foi subestimado e agora poderia mostrar o quão forte era.


     Estando já em Terriare Caliptus percebeu que ser forte seria sua única opção. A natureza do plano era dura e as existências que ali habitavam eram ainda mais. Aprendeu rapidamente a esconder sua presença e se comportar cortesmente como eles, ajudando assim suas irmãs e conseguindo informações necessárias para descobrirem o paradeiro do mapa. Em uma bofetada do destino foi selecionado para ser o guarda pessoal do príncipe da cidade e para protege-lo se envolveu em um assassinato. Isso lhe custou a presença de suas irmãs. Exilado e sozinho começou a desvendar o que realmente tinha acontecido com a família mais poderosa da cidade e que o mapa estava na posse deles.


   No limite de suas forças ele e suas irmãs conseguiram arrancar da poderosa família o mapa e enviar para a Ordem aqui em IN LUX. Caeru se sacrificou para que o mapa chegasse até aqui e Cinerae nunca mais foi vista depois do acontecido. Caliptus ficou sozinho novamente e dessa vez sendo caçado tanto pela lei quanto pela ordem pois era o único que viu tudo acontecer e sabia para onde o mapa foi enviado. O que lhe salvou foi o guia dado pela sua irmã profetisa momentos antes de desaparecer. Ela sabia exatamente o que fazer para chegar até aqui e nos ajudar a libertar o conhecimento do mapa.


   Sua irmã Cinerae possuía a habilidade de alma que a permitia ver as linhas do futuro e arquitetou um plano para que nós 4 nos encontrássemos aqui. Primeiro ela precisava de alguém pura de intenção e que realmente servisse e acreditasse no propósito da ordem em difundir conhecimento e essa é você Puella. Ela esteve contigo conversando momentos antes de ser entrevistada pela ordem para confirmar que não se deixaria corromper pelo caos. Esteve com você Columba em Terriare e te informou da trama entre a lei, a ordem e os clãs além de te ajudar a desenvolver sua habilidade de alma para que no fim conseguisse retornar para sua família.''

Quando por fim fechei o plano mental e terminei de mostrar as memórias de Caliptus estávamos os três enxarcados pela chuva. As nuvens carregadas faziam a floresta ficar mais escura e cada árvore ao nosso redor parecia estar chorando. Um relâmpago cortou o céu atrás da Torre da Luz e por menos de um segundo a sombra da torre nos cobriu.


   - Se a ordem permanecer em posse do mapa o caos vai continuar corrompendo sacerdotes para obtê-lo. – A realização despertou algo em Puella e sua expressão se tornou mais suave. – A missão aqui é mais importante que somente obter o mapa. É salvar a Ordem de si mesma e daqueles que desejam corromper seu propósito.

- Todas as minhas suspeitas foram confirmadas e agora definitivamente sei que a Lei dos Sete não deve obter o conhecimento do mapa. Eles se tornariam poderosos demais. – Conseguia sentir Columba chegando onde meu pensamento já estava.

   - Vamos libertar o conhecimento do mapa para todas as existências em todos os planares e vias de acesso. Todos receberão diretamente em sua consciência o conteúdo do mapa. Seremos enfim livres para irmos para onde quisermos.

   - Uma solução em que todos ficariam realmente livres. Mas como vamos realizar tal feito? As memórias de Caliptus te deram mais instruções? – Dessa vez Puella colocou esperança no nome.

   - Tenho uma noção do que podemos fazer. Mas precisarei da ajuda dos dois. E para chegar até a torre precisaremos da ajuda dos linces verdes.

   - Isso eu consigo... – Columba expandiu sua habilidade de leitura pela floresta e achou três linces.


   Sua habilidade permitiu que os linces também nos sentissem e vieram correndo em nossa direção, porém dessa vez estavam amigáveis e se abaixaram para que subíssemos em suas costas.


   - Como iremos adentrar a torre Aer? Já falhamos anteriormente.

   - Não precisamos entrar. Só precisamos chegar até ela.

   - Pensei que o mapa estava no interior da torre...

   - Não. A Torre da Luz é o Mapa!

 


 

O passado de Caliptus é revelado e o propósito de Aer, Puella e Columba em obter o mapa se transforma em algo maior.

Na esperança que se divirtam em cada território de "Os Planos" ^^ E se deseja saber mais sobre essa aventura siga uma via de acesso nos posts relacionados abaixo.


0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page