top of page

Estranhamente Entre Livros


Gar5oto entre livros e assombrações
Um livro contém histórias que nos assombram e emocionam (Imagem: DALL-E 3)


Parece um belo lugar, se mostram os livros

Abriu faz pouco tempo e já me chama, ouço gritos

Entro na magia de cada corredor

Busco um livro , não sei o autor

Na mesa, uma mulher me fita,

Como se soubesse o que busco, se irrita

Dirijo-me a ela. Não sei por que não sorri,

Se entre palavras e histórias está, todos os dias

Deveria feliz se sentir, sem agonias

O que procuras? — me pergunta, sem me encarar

 Eu respondo, sorrindo e buscando seu olhar

— Aprender! O que você poderia, também, querer …

— Por que me fala assim, garoto insolente?

— Mostrar a você que, entre livros, a vida a gente sente.

Por que não está contente?

Ela não me responde mais, e eu sigo em frente

Nesse lugar esquisito

Por que sou o único aqui? me pergunto, e a evito

De longe ela me responde, e eu grito

Como ela me ouviu, se nenhuma palavra eu falei?

Não sei.

Nesse lugar esquisito,

Não ficarei.

Vozes gritaram: não tenha medo

Ainda é cedo!

Olhei de lado, não havia ninguém

Fugi correndo.

Lá não voltarei, e digo: amém.




 

Goretti Giaquinto

Desafio #71 de 365

Tema: Era Uma Estranha Biblioteca

Abriu uma biblioteca no seu bairro e a única pessoa que você sempre encontra lá é o/a bibliotecário/a.

Escreva um poema de no mínimo 800 caracteres sobre este lugar.

Recent Posts

See All

1 Kommentar


Lá não voltaria também

Neste tal lugar do além 😉

Gefällt mir
bottom of page