top of page

Quem Sou Eu?


Na parede, eu sou o vão.

À noite, guardo e protejo,

mas relaxo quando o dia vem.

Aberta ou fechada, uma fenda

estratégica, entre o teto e o chão.


Na casa, sou o necessário vão,

e por mim costumam passar

ar, luz, brisa, som, perfumes.

Mostro rua, jardim, gente, carro

e o que mais couber na sua visão.


E ainda sou um confiável vão

e sei que pouco devo mostrar

da casa, da família, de você.

Com vidraças, cortinas, grades,

zelo por sua privacidade e solidão.

 

Eu sou a janela, eu  sou o vão…


 

Cátia Porto

Desafio #59 de 365

Tema: Eu, Objeto!

Regras:

1 - Escolha um objeto qualquer

2 - Narre seu dia-a-dia, e/ou vida sendo este objeto

3 - Escreva em formato Poesia de até 1500 caracteres


10 views1 comment

Recent Posts

See All

1 Comment


Janela ... Vão livre para os sonhos , para a poesia 😃😃

Like
bottom of page