top of page

Os Beos



No Universo de Darkin existem vários planos de existência cada qual com sua peculiaridade. Os Beos existem em um desses planos e nunca foram visitados em seu vale. São criaturinhas que vivem em perfeita harmonia com a natureza. De chapéu e vestes longas que cobrem todo seu minúsculo corpo, só os olhos brihantes são vistos com clareza.

Foi quando um dia uma sombra cobriu as árvores e elas começaram a murchar. O rio se tornou mais seco e um fedor tomou conta do ar. Objetos estranhos apareceram e os Beos tinham certeza que era culpa deles a contaminação de seu habitat.

Descobriram então de quem vinha essa poluição. No alto do vale acharam um ser vestido de vermelho, barba branca e alva feição.


- Feliz Natal! -Gritou o velhinho.

- O que faz, afinal? - Disse o líder dos Beos, baixinho.

- São presentes! Carros, piscina e um ventilador para não passarem calor! - E com uma risada acrescentou na presepada outra parte. - Espero ser convidado para ceia mais tarde.

Os Beos começaram a se desesperar. Foi quando o líder pediu calma e começou a explicar.


- Nosso maior presente é a natureza em harmonia. Não queremos presentes e nenhuma quinquilharia. Recolha-os para sarar a natureza e teremos alimentos em fartura com certeza.

Entendendo a situação o bom velhinho recolheu os presentes, a natureza voltou à harmonia e os Beos ficaram contentes. Comeram o que a horta e os pomares podiam oferecer e ele viu que as criaturinhas eram felizes em ser e não em ter.


65 views3 comments

Recent Posts

See All

Natal

bottom of page