top of page
AD.png

O Coelho Branco

Alice estava perdida, não sabia qual caminho escolher, não sabia para onde iria. Ao gato perguntou e do gato teve uma resposta, se não sabe para onde vai, qualquer caminho lhe serviria.


Talvez para quem não sabe onde está indo, o caminho lhe pareça peculiar, o que ela encontraria pelo caminho, serviria de lição ou aprendizagem.


O coelho não podia perder tempo e um relógio ele carregava e Alice correu atrás dele ou do tempo que ele detinha?


O tempo é um dom e uma maldição, podemos viver o tempo com sabedoria ou pensar que o tempo não leva ninguém. Teremos tempo hábil para construir nossos sonhos e conquistar nossos desejos? Investir financeiramente mensalmente e se não começar logo neste mês, vamos continuar planejando para qual mês vamos começar, até que os anos se passem e nunca conseguiremos conquistar um lugar ao sol?


Quanto tempo têm para construir uma realidade que possa sair do papel? Tens tempo para isso?


Não sei o que pode ser pior, correr contra o tempo ou não ter tempo para apreciar o tempo com os amigos no tempo de uma xícara de chá.


O Coelho Branco detinha o relógio, o tempo não bem aproveitado. Quantos coelhos brancos você conhece que não aproveita, não absorve o tempo com qualidade?


Já que a vida não é linear para ninguém e que o tempo pode ser um dom ou uma maldição para sua vida, que tempo é esse que você está vivendo hoje?


O sol nasce em todo lugar, seu lugar ao sol pode ser num motor home, até mesmo na Noruega quando o sol não se põe.


Uma praia com barcos e coqueiro
Uma praia com barcos

Posts Relacionados

Ver tudo

1 Comment


Gostei de pensar sobre essa pergunta: "...que tempo é esse que você está vivendo hoje?" Penso no tempo como ciclos. Já imaginei ele sendo uma linha mas com lições aprendidas na vida hoje vejo que o tempo em mim forma ciclos. Estou no ciclo de família, amor, arte e trabalho. Amei o texto Zaira, obrigado pela reflexão. s2

Like
bottom of page