top of page
AD.png

Indígena, Não é Só "Índio"

(Povos Indígenas)



Quando pensamos na palavra indígena , imediatamente vem às nossas mentes os filmes de faroeste famosos de Hollywood. Neles, índios são sempre vilões, guerreando contra os pioneiros homens brancos, que chegaram numa terra selvagem e distante, pensada como recém-descoberta. Inúmeros são os filmes retratando esta concepção idealizada pelos estúdios, que faturaram e ainda faturam milhões em bilheteria. Como exemplos, temos o filme "Dança com Lobos", (1) a série de TV "1883" (2) - spin-off da famosa série "Yellowstone" (3) e, mais recentemente, a saga "Horizon", a ser lançada nos cinemas em 2024. (4)


Esta misconcepção entre índio x indígena merece ser esclarecida. Segundo o dicionário Oxford, indígena seria adjetivo e substantivo de dois gêneros: (5)

  1. "relativo a ou indivíduo pertencente a um dos povos que já habitavam as Américas em período anterior à sua colonização por europeus". "as reservas indígenas do Amapá"

  2. "relativo a ou população autóctone de um país ou que neste se estabeleceu anteriormente a um processo colonizador". "arte, costumes indígenas".

Ainda do Oxford, índio se refere a: (5a)

  1. ETNOLOGIA que ou quem é originário de um grupo indígena e é por este reconhecido como membro.

  2. m.q. INDIANO.

Wikipédia denomina os indígenas - também chamados aborígenes, originários, autóctones, ou nativos - " pessoas que viviam e vivem em uma área geográfica desde a 'colonização' da região por outros povos estrangeiros, ou 'pessoas que após a colonização da região em que ainda residem não se identificam com o povo que a colonizou (tendo cultura própria diferenciada)', e que mantêm um modo de vida intimamente ligado ao meio ambiente natural em que vivem". (6) São alguns exemplos conhecidos de populações indígenas no mundo os Maoris da Nova Zelândia (14.9% da população, em 2013), os aborígenes australianos (1% da população), e os ameríndios (indígenas de várias etnias, das Américas). (6) No último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de 2022, 1.227.642 brasileiros se autodeclararam indígenas, embora milhões de outros tenham algum grau de ascendência indígena. (7) Na África, vários grupos são identificados como indígenas, sendo os mais famosos os da etnia San. (8)





(pressione os botões acima, para exemplos famosos do mundo, baseado nos seus povos indígenas)


Etimologicamente, índio e indígena não têm nenhuma relação. Segundo a linguista e pesquisadora Yásnaya Elena A. Gil, "índio" vem do sânscrito 'sindhu ', usada no persa como 'hindush ' e no grego 'indo ', dizendo respeito a um rio que nasce no platô tibetano e passa pela Índia e Paquistão". Depois, "a palavra passou a ser usada para denominar os integrantes da região da Índia, subsequentemente sendo usada por colonizadores europeus para denominar povos do continente americano".(9) Já a palavra indígena "se origina do latim e é utilizada para designar a afiliação a algum lugar de nascimento: indi- (de lá) e gen- (nascido); seu significado etimológico seria ‘nascido ali’ ou ‘originário". (9)


Se levarmos em consideração o termo indígena como “natural do lugar em que vive”, obteremos um sentido maior do que o próprio termo pode expressar. Vamos tomar como exemplo os 3 reinos: Animal, Vegetal e Mineral.


No reino animal, não podemos excluir os homens dos animais à sua volta. Temos animais que somente são encontrados em certas partes do mundo (Lemur de Madagascar, canguru da Austrália, urso Panda da China, os big fives da Selva Africana). Embora seus habitats naturais sejam as áreas onde vivem, eles são exportados para outros lugares, e vivem em zoológicos como atrações para o homem. Alguns viram até pets, como tigres (10).


No reino vegetal, as plantas indígenas são consideradas as que crescem naturalmente em extensas áreas geográficas, sem serem adicionadas àquela área pelo homem. Espécies de plantas que são introduzidas, ou se disseminam, fora de seus habitats naturais, e ameaçam a diversidade biológica ou eco-sistema local, são consideradas plantas invasivas (11). Existem leis que determinam quais plantas são invasoras, sendo considerado ilegal o cultivo destas plantas (11). Jacarandás são plantas indígenas do Brasil, enquanto na África do Sul são consideradas plantas invasores, apesar de florescerem com exuberância na Primavera nas ruas de Pretoria.


No reino mineral, também existem pedras preciosas e semi-preciosas indígenas, como é o caso de esmeraldas e ágatas encontradas no Brasil (12).

Embora existam leis que protegem as riquezas indígenas nacionais, a luta pela proteção dos povos indígenas ainda é constante. No mundo inteiro, existe um dia nacional de homenagem aos povos indígenas. No Brasil, a homenagem é feita em duas datas: o dia 19 de Abril, Dia dos Povos Indígenas, e 7 de Fevereiro, Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas. A Lei n° 11.696, de 2008, instituiu o dia 7 de Fevereiro em homenagem ao nativo Guarani Sepé Tiaraju, que faleceu neste dia em 1756, lutando contra portugueses e espanhóis. Apesar da homenagem, a luta pelo direito de demarcar a terra contra a destruição da Natureza nela existente ainda persiste (12).



Parece existir um paradoxo entre os reinos, já que no caso das plantas, minérios e certos grupos animais, os governantes protegem suas reservas e belezas naturais indígenas com o pulso firme de leis rígidas, enquanto no caso dos povos indígenas a luta parece ser sempre desigual. O que nos traz ao debate: por que as leis não são iguais entre todos os reinos? Não seria natural que os povos indígenas tivessem seus direitos à terra protegidos, e sua cultura reverenciada, protegida e divulgada? Por que os invasores (colonizadores, pioneiros) tentam se apropriar das terras, dizimar a cultura local, impor sua cultura para aqueles que, por direito, teriam que viver em liberdade nos seus habitats naturais?


Será que a cultura indígena é considerada inaquequada e ultrapassada neste mundo tecnológico de hoje, ao invés de ser preservada pela sua riqueza e culto ao natural? O homem de hoje, moderno, quer conquistar outros universos e colonizar terras distantes no espaço. Seria lógico concluir que, encontrando os povos alienígenas em outros planetas, o homem tentará, também, impor seus valores aos povos extra-terrestres.


Não seria melhor deixar nossos vizinhos de Universo quietos?


Da mesma forma, se os visitantes de outras galáxias vierem à terra, vão, com certeza, tentar nos subjugar, à nós terrestres. Esperemos que não.


Deveríamos aprender com nossos erros e respeitar as individualidades e diversidades de cada ser humano e animal, cada planta, cada mineral. Estimular nossos filhos a preservarem os antepassados pelo que eles nos trouxeram. Deixar cada reino respirar suas individualidades e olhar o mundo com olhos de quem aprecia as belezas destas culturas.


A história nos mostra que o homem inveja e tentar suprimir, que nem naquela famosa história entre vizinhos que cultivavam vacas em suas terras. A vaca de um produzia bastante leite, enquanto a do outro produzia pouco. Ao invés de aprender como tirar muito leite da vaca, o vizinho com menor produção de leite mata a vaca do vizinho. Assim parece ser a natureza do homem.

 

Gattorno Giaquinto

#38: Dia Nacional da Luta dos Povos Indígenas


 

Referências:















referência de imagens:

mídia do wix (primeiras fotos), do freepik ( https://www.freepik.com/free-photos-vectors/indigenous-peoples-day) e do google images.

1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

1 Comment


Isso é uma tese de mestrado ...🥰👏👏👏👏

Like
bottom of page