top of page

Criatividade Para ser Feliz


Transmitindo direto da mais famosa galeria de arte de Nova York, entrevistamos a famosa pintora e artista plástica Mary Marie. Sua exposição estará em display até o final do mês - mas as obras já estão vendidas desde o primeiro dia desta vernissage.


  • Bem vinda a NY, MM. Gostaríamos de abrir esta entrevista pedindo a você que se introduza para os ouvintes.


Sou uma artista que se expressa mais por meio da pintura a óleo e tinta acrílica, mas também exploro outros materiais de desenho e pintura. Atualmente , estou aprendendo aquarela e desenho com grafite.


Dediquei-me à pintura depois de deixar o campo médico, na minha aposentadoria. Comecei bem tarde, embora meu interesse por artes venha desde pequena.


Prefiro um estilo mais solto, mais abstrato. E adoro cores vibrantes.


  • O que fez você ter sucesso no meio artístico, que é tão concorrido e difícil de manter-se em voga?


Transmito nos meus quadros os meus sentimentos e emoções, aliando conhecimento técnico obtido por meio de livros, cursos, vídeos na internet e outros meios. Sou autodidata.


  • Como você escolhe seu tema?


Observo à minha volta com atenção as pessoas e a natureza, e registro tudo em algum canto de minha memória. Recorto imagens de revistas e jornais que sejam interessantes e catalogo em arquivos para me inspirarem.


  • Como é o seu processo artístico?


Pintar, como outro meio artístico, exige dedicação e repetição, com prática diária. Quando sento em meu estúdio, fecho os olhos e procuro ouvir as vozes de minha musa artística.


  • Onde você busca inspiração?


Principalmente na Natureza. Prefiro pintar flores e paisagens.


  • Você acha que os artistas de hoje são criativos ou copiam artistas famosos?


Toda arte começa com estudos de outros artistas famosos, para entender o processo criativo do artista. Com a prática, o artista desenvolve seu estilo e cria.


Quem primeiro criou algo? Difícil saber, pois várias mentes no mundo podem ter a mesma idéia. Aquele que primeiro divulga passa a ser o "autor", e os outros passa a ser aqueles que "copiam". Mesmo que todos criaram no mesmo tempo.


  • Qual artista lhe inspira mais?


O Van Gogh. Sua trágica história de vida, sua expressão artística, são maravilhosos. Adoro os impressionistas, também.


  • O que você acha do uso de technologia nas artes, como inteligência artificial?


Minha opinião é a de que a mente humana é muito criativa e capaz de se expressar sem ajuda de IA. Arte criada por meios tecnológicos tira um pouco da magia do processo criativo, ficando mais técnico, menos inspiracional e intuitivo.


A tecnologia usada como marketing tem seu lugar, como através do Instagram, FaceBook e outras plataformas. Mas tenho receio de que estas plataformas fiquem saturadas de artistas sem preparo, e que os algoritmos escolham caminhos ditados mais por likes e compartilhamentos baseados no número de "amigos" da pessoa que posta.


  • Se você pudesse mudar sua vida, o que teria feito diferente?


Teria seguido meu desejo de ser artista, e não ser "obrigada" a escolher ser médica , por meu pai. Talvez não tivesse chegado onde estou em termos financeiros, mas teria seguido meu coração e minha paixão.


  • Que conselho você daria para os jovens artistas de hoje?


Meu conselho para a juventude em qualquer área, não somente nas artes: ache algo que você realmente goste e seja apaixonado, para ser sua profissão e meio de vida. Não escolha algo baseado no retorno financeiro, ou pressão familiar, ou por ser a profissão da moda.


Afinal de contas, um terço de sua vida você passa dormindo, então nos outros dois terços você tem a obrigação de ser feliz e se divertir, no trabalho e fora dele.


Dentro de sua escolha, use sua intuição, criatividade e paixão para se expressar com espontaneidade.


 

(Esta entrevista é uma liberdade artística baseada no meu superego e inconsciente futurista, que gostaria de ter sido uma artista😊)




(Tomei a liberdade artística de postar alguns quadros que pintei de verdade, amadores, todos estudos baseados em imagens de recortes, quadros de pintores famosos e minha imaginação. Nenhum dos quadros está à venda, com certeza 🤣😎😉)


Gattorno Giaquinto

#46: Entrevista comigo mesmo

Recent Posts

See All

1 Comment


Diga ao seu ego: ainda dá tempo....😉😉

Like
bottom of page