top of page
AD.png

Viver é Bom, por Vichistórias

Paixão é o que define essa mulher, gosta de ver a vida de forma bonita e positiva. Para ela, não existe tempo ruim, exceto quando não está recebendo atenção, seu mapa astral esbanja o signo de fogo: leão. Usa roupas coloridas até nos dias tristes e durante uma semana difícil, vê no Facebook a chance de mudar de vida, um anúncio: "entre para a nossa quadrilha de vinhos e roupas de grife", achou o convite muito atrativo e clicou, sem medo! Afinal, arriscar faz parte da vida.


Automaticamente foi direcionada para um grupo no Telegram em que algumas mulheres marcavam um encontro para o dia seguinte, tudo muito suspeito e perigoso. Enviou uma mensagem se apresentando como Kiara, primeiro nome em que veio na mente, ela não queria divulgar sua identidade tão fácil (esqueceu por alguns minutos que a internet tudo sabe), 2 minutos depois recebe uma ligação:


- Kiara? Gostaríamos de te conhecer para saber se iremos te selecionar para a nossa quadrilha.

- Assim, do nada? Se isso for um sequestro…

- Você leu a nossa propaganda no facebook? Isso é uma quadrilha de vinhos e roupas de grife, queremos luxo e não corpos!

- Isso tudo é esquisito e incrível ao mesmo tempo, amanhã que horas e em que local?

- Passaremos para te buscar! Já temos o seu endereço, vimos no facebook, até amanhã.

Conversa estranha, situação esquisita, mas a curiosidade estava pulsando o corpo dessa mulher. Seria um golpe? Qual a possibilidade de ser algo seguro? Muitas perguntas para pouquíssimas respostas.

Após uma noite mal dormida e muito sono acumulado, um carro já está à sua espera na porta de casa, ela entra sem dizer nada e depois de longas horas chega até um bairro nobre de São Paulo e encontra 5 outras mulheres. Bonitas e bem vestidas, que lançam o desafio:


- Temos 5 lojas nesta rua, você precisa conseguir levar 1 peça de roupa de cada que combine com o nosso estilo. Sem ser pega, boa sorte!


A mulher percebe que está cometendo um erro dos grandes, não conhece aquele lugar e muito menos aquelas mulheres. Seu coração acelera, o medo da morte se aproxima, não sabe como começar ou fugir daquele lugar! O que fazer? Arriscar? Será que viver é tão bom assim?


Entra na primeira loja, separa as suas roupas preferidas e segue para o provador. Lá, decide esconder as roupas em seu corpo e sua principal estratégia é: sair correndo sem que ninguém perceba! Sai do provador andando de forma esquisita, lentamente, com o coração acelerado. Decide pegar um café e algumas balas de caramelo que estão no balcão, até que percebe que a loja não tinha nenhum vendedor. Estranho né?


De repente, cai dentro de um buraco escuro. Silencioso. E como uma luz no fim do túnel escuta um barulho que soa familiar. Era seu despertador, mais um dia de luta! Kiara levanta da cama, olha para o espelho e se pergunta:


- Isso foi um sonho ou pesadelo?


Vichistórias é participante do Grupo de Negritudes do projeto É DIA DE ESCREVER.


Segue ela no @VicHistorias para conhecer mais dos seus textos e arte.

Posts Relacionados

Ver tudo

Commentaires


bottom of page