top of page

Seu Ermelino Tá Puto com o Natal

Aqui no Butantã tem o Seu Ermelino, um amigo já com idade bem avançada que é guarda (oi?) e cuida da rua de uma amiga minha. Certa vez, para me fuder mesmo, minha amiga me pegou na ladeira da Moacir Miguel com o Seu Ermelino em punho. Eu cansado, voltando da academia (25 minutos é melhor que nada, este é o lema) sou obrigado a fingir simpatia enquanto “ando no passeio” (como diria Seu Ermelino ao se referir a calçada), para escutar minha amiga e ele a falar sobre o tal primo da tia dele que encontrou um E.T. e ele e a família dele é quem sabe a real história do puto do Papai Noel.


Durante 89 anos guardou esse segredo e agora tava falando pra todo mundo. Porque, segundo ele: Papai Noel perdeu a mão.


Tudo começa com a frase:


⁃ Papai Noel é comunista né!


Depois ele mete um:


⁃ Papai Noel faz o que faz porque aprendeu isso com os E.T’s quando foi abduzido.



Levaram um deus nórdico (segundo ele) para o espaço.


 

Enfim, em uma coisa ele disse a verdade:


⁃ Xô falar um “nigucim”, esse veneno da coca-cola imprimiu para o mundo a foto do Papai-noel, todo mundo sabe quem é o cara agora! Mas o que a coca-cola não fez foi contar que a igreja católica se apropriou (e apropriar leia-se, “domar” povos e apagar culturas justificando-as em seus santos) da festa de solstício de inverno dos nórdicos, o "Yule” (ou Jól). E já que tô bicudo, vou falar que eu sei que a coca-cola não revela sua receita porque esse “trem” também veio do espaço. Pronto!


Seu Ermelino parecia tá engasgado guardando todas essas verdades sobre o papai Noel do mundo. Seus olhos pareciam um açude de tantas lágrimas represadas.


Apesar de começar a me compadecer com ele, não podia evitar meu cérebro lógico e pouco emocional de lembrar que ele tava tentando me convencer de que um E.T. veio pro planeta, raptou um Deus (oi?) nórdico (oi?), levou para o planeta deles e pediu um olho em troca deste Deus ensinar o planeta ser mais generoso e gentil.




Segundo Seu Ermelino, Odin foi pro espaço. Lá encontrou uma Tchurminha de E.T’s muitcho bacanudus que todo verão vinham ao planeta terra assistir o Solstício de inverno lá pelas bandas da Finlândia. Certa vez, very crazy’s, os E.T’s levaram Odin porque queriam agradecer de alguma forma o planeta e seus habitantes por essa maravilha da natureza que parece ser o Solstício de inverno por aquelas bandas. Já Odin, se achando o fodão e que nada iria lhe acontecer, aceitou a viagem.


Lá no planeta Ygdrasill, Odin recebe diversas sabedorias e dons dos extraterrestres, mas, é obrigado a oferecer um olho por tudo isso e jurar eterna generosidade ao planeta, seus habitantes e aos mais necessitados.


Deste então, segundo Seu Ermelino, sempre por volta do dia 21 de dezembro, Odin corre o planeta em seu cavalo de 8 patas para curar, entregar presentes, acalmar ventos, amenizar as dificuldades das pessoas entre outros bondosos gestos.


⁃ Cadiquê o mundo ficou ruim assim? Ninguém cuida mais de ninguém. Natal era pra ser sobre generosidade. Precisou um Extraterrestre vir para esse planeta para ensinar isso. Um Deus tentou replicar isso. A igreja católica roubou essa ideia e fez um tal de Nicolau virar santo e também difundir a ideia da generosidade. A coca-cola fez um velhinho super bonito. "Clement Clarke Moore" escreveu aquele poema brega de natal, e no fim, eu não ganho nem um panetone de fim de ano e ningúem desse povo do bairro contribui para a minha caixinha de natal. Quidê a generosidade?


Mesmo cagando para o natal e ano novo, acabei convidando Seu Ermelino para nossa Ceia. Afinal, contos de natal são sempre bem vindos e generosidade por aqui se aplica aos 365 dias do ano, e não só no Natal.

Recent Posts

See All
bottom of page