top of page
AD.png

Quando o MasterChef Cruzou o Caminho Da Várzea

Sábado, dia 06/07/2024 vivi um dia daqueles que vale a pena ser vivido.


Caros leitores e leitoras, o futebol de várzea deveria ser exibido em horário nobre deste país. Ele traz o esporte na sua forma mais bruta e honesta, além de entretenimento dentro da comédia e, no caso de sábado, na culinária.


No último sábado, o time do Subúrbio Geral teve um jogo festivo para comemorar 1 ano deste esquadrão. Até a Bandeirantes estava lá por motivos que já contarei. O time organizou churrasco e bebida para os jogadores, adversários, familiares e amigos para o pós jogo. Até o juiz encostou.


O adversário que enfrentaram era nada mais nada menos que o, sempre respeitado, Academia BNH de Futebol , que, até então, colecionava uma série de derrotas (sendo a última um 6x2, na Copa 7), e 1 empate contra o, Subúrbio Geral.


Nada poderia dar errado. Dia de festa, com comida, Bandeirantes registrando esse momento e um adversário que poderíamos dizer que já era um freguês. Porém, toda vez que alguém entrou em capo achando que a partida estava ganha, ele perdeu!


Tudo começou a dar errado quando um dos nossos jogadores e membro da comissão técnica conseguiu entrar para o programa MasterChef da Bandeirantes. "Mister Vini" é nosso lateral, volante, ponta direita e técnico. A mente brilhante (e é brilhante mesmo o menino) por trás da organização tática e executiva deste esquadrão. Porém, o que poucos sabiam é da sua habilidade também na cozinha. Vini foi um dos selecionados e ainda está na competição culinária amadora mais famosa deste BRzão.




Como tem mandado muito bem e avançado as fases no programa, os produtores da competição pediram para filmar um dia do, Vini. Ele sugeriu para a produção ir gravar um dia de jogo do time dele (o que muito honrou a todos do elenco). Isso contagiou o esquadrão e culminou com a data de comemoração de 1 ano do time.


Na semana do jogo, o grupo no whats do Subúrbio Geral, foi só alegria. Todos queriam estar neste jogo e churrasco. Todos ansiavam pela famosa farofa vegetariana que nosso Mister e MasterChef fez para entrar no programa. "Aaaah aquela farofa acompanhando minha picanha", soltou o lateral direito do time já babando e sonhando com este momento. Todos queriam a vitória em campo e a farofa do Vini fora dele.


No grupo só se falava do churrasco e da Bandeirantes que ia lá gravar o Vini. Qual roupa usar? Como Comemorar o gol? E quem leva a churrasqueira? Bebidas? Caixa de som?


Os dias iam passando, sábado chegou, e nada se falou sobre futebol, esquema tático, titulares e reservas. Parecia que o jogo já estava ganho. Esse filme, eu já tinha assistido. Era a segunda vez que o time se deixava levar e o resultado, tudo indicava, que seria o mesmo da outra vez.


Já no vestiário, o time começa sentir a pressão de uma grande emissora invadindo o vestiário com 22 machos semi nus. Atrasados para o jogo, a produção a todo momento tinha um informe. Era papelada de direito de imagem que tinha que assinar, e ajusta a câmera para pegar nosso MisterChef, e repete o grito de guerra do time porque não filmamos, e não sai correndo do vestiário não para que a gente consiga filmar vocês saindo, e uma sucessão de "empata fodas" que ia tirando o foco do jogo e diminuindo a animação e vibração do time.


Enfim, elenco em campo. Subúrbio Geral optou por mesclar reservas e titulares e cada jogador jogaria 1 tempo por completo, trocando todos os 10 jogadores de linha para o segundo tempo enquanto o BNH entrou com força total e uma tática de substituições de 20 em 20 minutos (amistoso pode), o que mantinha o desempenho físico dos atletas nas galáxias.


Provavelmente motivados pelas recentes derrotas e sabendo que iriam passar em rede nacional, a Academia BNH de Futebol foi ao mercado e contratou goleiro e ao menos 4 jogadores de linha para este jogo. O que era para ser um jogo fácil, assim que entraram em campo e viram os novos jogadores do BNH, os jogadores do Subúrbio Geral tiveram um primeiro frio na espinha.


Jogo atrasado, juiz querendo apitar o início da partida e a bandeirantes pedindo: "Espera 1 minutinho pra gente posicionar o drone, por favor". Esperaram, educadamente.


Jogo começa e nosso MisterChef, voltando de uma lesão de mais de 4 meses, inicia o jogo pela ponta direita. Fora de ritmo, tenta algumas jogadas sem sucesso o que impede a Band de captar boas imagens.


As contratações do BNH mostram resultado de imediato e pressionam o time do Subúrbio Geral empurrando elenco, euforia e animação deles para a intermediária defensiva de onde não conseguiam sair. Com elenco misto, sem treino e pensando muito mais no churrasco do que no jogo, não precisou de muito tempo para a primeira falha acontecer. Em escanteio pela direita, o time do BNH cobra de forma horrível o tiro de canto mas, ainda assim, de forma ainda mais horrível, a zaga do Subúrbio Geral fica num "deixa que eu deixo" e a bola sobra para o atacante adversário abrir o placar antes dos 10 minutos de jogo.


Subúrbio Geral, tenta não se abalar, afinal, ja venceram tantas e tantas vezes o BNH! "Vamos virar!", gritavam iludidos e sem saber o que estava por vir.


Bola no centro do campo e quando o atacante do Subúrbio Geral vai dar a saída, escuta um grito da produção da Bandeirantes: "Espera aí amigo. Deixa o Vini dar essa saída para pegarmos essa cena do alto. 1 minutinho para posicionar o drone" . Esperaram educadamente.


O jogo tem seu reinício e mais uma vez o esquadrão suburbano é amassado em sua defesa. O setor esquerdo do time falhava como internet discada nos anos 90 e a todo momento um apagão era registrado abrindo buracos no setor. Em um destes buracos o ponta direita do BNH faz uma linda jogada, invade a área e é derrubado pelo ponta esquerda Suburbano. Mesmo o juiz sendo Suburbano, não teve como negar: Pênalti marcado e convertido. Não foi nem 2 minutos de um gol para o outro.


Novamente, bola no centro do campo e mais uma vez aquele grito da produção da Bandeirantes: "Espera aí amigo. Vamos refazer a cena do Vini dando a saída de jogo. 1 minutinho para posicionar o drone". Esperaram educadamente.


O jogo reinicia. Subúrbio Geral ajusta algumas movimentações, Vini passa a atuar de centroavante, volante foi para lateral e lateral foi para o meio campo, o time começa a conseguir sair de trás e em dois lances quase marca o seu gol. Porém, quem não faz, toma, e em uma bola espirrada por um dos zagueiros Subrbanos, o BNH avança e marca o seu terceiro gol e, para encurtar essa história triste, o quarto gol sai na sequência.


Foram 4 gols em 7 minutos amizades. Na saída de bola do quarto gol, novamente os produtores da Band pediram: "Segura aí a saída de bola pra gente pegar uma cena com o dro...". Não precisaram nem terminar a frase para meio elenco do Subúrbio Geral soltar um "N˜ao fod&! Tá 4 x 0". Batata e Quirino, torcedores que todo sábado estão por lá assistindo, não acreditavam. O elenco suburbano não acreditava. Nem o próprio BNH acreditava. E os produtores da Band sorriam um sorriso amarelo pensando "mas isso aqui não era para ser uma festa?".


Um primeiro tempo desastroso onde não se conseguiu gravar a tal jogada do nosso Mister Chef.


Quer ler mais?

Inscreva-se em ediadeescrever.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page