top of page
AD.png

Papai Noel, cadê a ceia?


Sábado bem cedinho com calor e temperatura amena, vesti a jaqueta, o colete do moto clube, coloquei a pequena mochila no alforge, subi na moto e peguei a estrada. Era para ser uma viagem de aproximadamente 3 horas e meia, mas fiz algumas paradas para abastecer, ir ao banheiro e almoçar. Aproveitei para cumprimentar integrantes de outros moto clubes que encontrei pelo caminho. Descobri que estavam indo para a mesma direção que eu, mas conforme seus destinos se aproximavam, cada um seguia seu caminho.


As estradas estavam cheias de viajantes, vindo de tudo que era cidade. Carros abarrotados de pessoas e de pacotes de presente para o natal. Motociclistas com gorro de Noel nos capacetes, até o Papai Noel carregando a ceia de natal na boleia do caminhão.


Cheguei um pouco depois do tempo programado, encontrei os amigos na casa da Inês que, aliás, preparou um quarto maravilhoso para minha estadia. Cheguei acompanhada de outro motociclista que também estava indo para São Thomé das Letras, passar o fim de ano longe da loucura de São Paulo.


O dia estava lindo, céu azul, calor de 28º C fui andar pela cidade até a cachoeira. Qual foi minha surpresa? Ventania estava lá, cantando uma canção na companhia dos integrantes de outros moto clubes; me juntei a eles.


Antes do cair da noite, resolvemos ir até a Gruta de São Thomé. Dizem os viajantes que lá se assiste o lindo pôr do sol e se encontra os extraterrestres. À noite jantamos no centro e fomos surpreendidos por trovoadas. A mudança climática tira o sossego da população, porque causa desmoronamentos e alagamentos nas cidades vizinhas.


A viagem foi fantástica! O que eu sei é que o Papai Noel seguiu viagem de caminhão, levando a ceia de natal e do ano novo. E, o motorista era o ET!




Imagem cedida pela amiga Inês







Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page