top of page
AD.png

O Preço da Liberdade | Poema


paisagem artística do céu


------ † -------


Do paraíso a que me expulsas,

Ao inferno que me levas.

Pela liberdade, se tornou um ser vil.

Mas, ao mesmo tempo, liberto e ardiloso


Hoje, ele mergulha no mar da existência

A liberdade e ascensão que ele tanto queria,

Se tornou um inferno, onde ele é o rei.

E também, o prisioneiro.


Mas tudo isso o levou a um lugar,

Onde, tudo que ele é, foi lhes obrigado a ser.

Um anjo morrendo aos poucos...

Apagado e dilapidado pelos seus sonhos...


Ele, sem ao menos perceber,

Iludido pela liberdade, se encontrava preso

Por seus próprios devaneios.

Sonhos de um lugar, onde, ele poderia ser ele mesmo.

Mas agora, jogados ao vento, na brisa do mar.

Do lugar, onde, tudo é esquecido.


------ † -------

0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page