top of page
AD.png

Eu não sei fazer poesia


(É sério, eu não faço ideia mesmo de como fazer poesia)


Eu não sei fazer poesia,

Mas queria falar de amor. 

Eu não sei amar, 

Mas quero fazer poesia sobre. 


Costumo repetir descobertas, 

tal qual um disco de vitrola emperrado.

Mesmo que eu nunca tenha visto, de fato,

um disco de vitrola. 


Eu não sei fazer poesia.

Mas eu quero falar sobre meu amor. 


Tenho repetido a mesma descoberta 

Até as pessoas revirarem os olhos

“Sim, você já disse isso”

Eu não sei quantas vezes já disse isso. 


Mas pretendo repetir: 

A vida nunca me ensinou a amar

Ela me ensinou que amar é dor. 

Eu cansei de sentir dor. 


Vou repetir que amor não é dor

Até as pessoas revirarem os olhos 

“Sim, você parece uma vitrola” 

Vou transformar essa frase em uma música


Sair cantando entre murmúrios 

Toda vez que eu esquecer de mim mesma

Amor não é dor,

Amor não é dor lalala


Amar não é (in)dolor lalala



Oye! Se chegou até aqui muito provavelmente significa que leu toda a minha poesia

( ou seria não poesia? )

Bom, quero deixar meu muito obrigado <33


É maravilhoso ter tido a coragem de compartilhar algo com vocês! Mesmo que seja só um textinho para inaugurar o meu perfil por aqui. Espero que continuem acompanhando meu trabalho ( prometo tentar entregar os desafios :X )


Até logo!


0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page