top of page

Diário Distópico da Mana

Peguei seu diário sem você saber, está escondido debaixo do meu colchão. Não sei se um dia você sentirá falta dele. Um dia fomos bem unidas.


Dia 8 de agosto de 1972 viajamos no banco de trás do fusquinha branco do pai, uma tempestade do lado de fora e a gente brincando de "câmbio desligo" com nossos pijamas listrados, você estava bem assustada naquela noite, mas disse que fechou os olhos para brincar até cansar e dormir.


Dia 9 de agosto de 1972, chegamos na casa do tio Oswaldo, ele mora no meio da floresta na frente dos dois lagos. Não vejo a hora de acordar para brincar. Tudo aqui parece ser de brincadeira..


Dia 10 de agosto de 1972, brincamos de tudo que foi coisa, na água junto com os girinos, na terra com papelão, na piscina com a cachorra Suzi, até que levamos uma bronca da nossa mãe porque tínhamos minhocas nas orelhas.


Dia 11 de agosto de 1972, hoje fomos na casa do alto da montanha, andamos pelo meio da floresta, chegamos na hora do almoço, comemos frango, macarrão e maionese.


Dia 12 de agosto de 1972, nosso primo Jean nos levou para acampar no terreno do lado de lá da casa deles. Fizemos vassoura de plantas para varrer o terreno, ajudamos a montar a fogueira, montamos a cabana, comemos nossos lanches da mochila, deitamos para ver as estrelas do céu e ouvir as histórias de terror que ele contou para nos assustar com a boca cheia de mingau dando risada de nós.


Dia 13 de agosto de 1972, depois da madrugada arrepilante dormimos dentro da casa do nosso tio, todas juntas, na frente da lareira da sala e nem reclamamos da comida de caça que não gostamos, vimos as medalhas de guerra que ele tinha penduradas na lareira junto com suas espingardas.


Dia 14 de agosto de 1972 voltamos para casa depois desses dias na casa dos nossos tios. A vovó estava melhor, mas eu e a Mana queríamos ficar mais um pouco. A gente sempre quer ficar mais um pouco sempre. Nesse dia não tinha luz em casa, voltamos com nossas lanternas nas mãos, nem banhos tomamos e fomos dormir muito antes do nosso gato preto aparecer na janela do quarto.



Recent Posts

See All
bottom of page