top of page
AD.png

Ano 1, continuação do apocalipse.

Já faz algum tempo que não participo de grupos, grupos dos quais me entendo como "parte". Isso quer dizer que há muito me sinto dividido, repartido, não inteiro, algo que não é mais o que já foi...


Não, este não é um acordo taciturno, é um post de início de ano, é um tratado, um convite a repensar esse momento que, enquanto pessoa viva (que acredita estar vivo), continuo acreditando na força da vida e nas possibilidades, este é ao Ano 1, continuação do apocalipse pós-pandemia, em que viver a possibilidade de amar se faz bandeira necessária para que meu ódio contra bolsonaristas, israelitas que matam crianças, governos que matam minorias não se torne um condicionamento, algo que me torne igual, que me coloque neste lugar de ditador, de assassino de maldito no sentindo literal da palavra.


Que o amor seja minha bandeira e que a luz vença as trevas. Ano 1, que se faça luz, assim como se fez o verbo na mentira que nos contam na Genesis.


Dom Orione

0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

3 desejos

Querida Chefia

Hoje o dia começou bem. Deu pane no motor. Pedi um Uber. Deu pane no celular. Peguei um celular emprestado para mandar esse texto. Adoro...

Comments


bottom of page