top of page
AD.png

A Palavra é Minha

Eu sou a Camila, escritora, eu sei que sou a Camila e que sou escritora. Não adianta ficar repetindo essa frase porque eu não vou resolver o que preciso resolver, nem olhando prô notebook.


Pelo jeito que segue o enterro, vou escrever um monólogo "falando sozinha", daí conto para elas que eu falo sozinha desde a minha infância quando eu brincava de boneca; aí que besteira, para que eu vou falar isso! E, não é só isso que você tem que fazer, tem uma coisa muito séria para resolver e fica aqui procrastinando, nem ao menos pensa como vai resolver esse "B.O.".


Ahhhhhh, Camila fica quieta criatura, você está me deixando louca. Acho que vou voltar prô mato, lá na Vila do Matutu, pelo menos lá não tem grito de criança, gente falando alto, nem chineladas ao vento. Lá eu fico matutando o tempo todo enquanto subo a ladeira da trilha da cachoeira e você fica de boca fechada; vai viver longe da cidade de São Paulo!


Nossa, Camila, você é um gênio menina!!



Casinha pequena, branca e marrom que remete a solução dos problemas nesse monólogo curtinho e divertido da escritora.
Ah, Camila você é um gênio!

 

Olá leitor

Desejo que suas leituras estejam interessantes!

Estou me esforçando a cada dia para entregar publicações criativas.

Aqui embaixo deixei um botão mágico, experimenta, clica e leia mais um texto.

Se puder compartilha e deixe seu comentário gentil.

Gratidão e até a próxima!!









0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

コメント


bottom of page