top of page

Águas (não) Passageiras


Pessoas sob a chuva, na rua
Águas não passageiras (Fonte: gerada IA em DALL-E 3)


Março acabando, traz as águas do outono. Ruas cheias. Galerias entupidas de um lixo que não tem serventia, de uma educação que ficou para trás, como as águas do verão. Deveria vir o frio. Mas ele não tem chegado. Ainda bem.


Nas ruas, aleatórias como as águas que passam, desfilam vidas amontoadas. Algumas, em seus carros, logo estarão em casa. Confortáveis.


Outras, sem carros nem casas, descansam suas vidas em calçadas. Desnudos. Vivem suas mortes antecipadas. Passageiros de vidas aguadas.




 

Goretti Giaquinto

Desafio #84 de 365

Tema: As águas de março fechando o verão

Escrava um miniconto de verão. Esse miniconto deve ser escrito como uma não ficção: uma descrição ou representação de um assunto que é apresentado como fato e pode ser precisa ou não.

Máximo 600 caracteres.

Recent Posts

See All

Comments


bottom of page